quinta-feira, 15 de julho de 2010



um pouco de baterices...

sábado, 15 de maio de 2010

Posso estar perdido, mas ainda sei andar.


Algumas coisas nunca farão sentido a outras pessoas.
Eu deveria saber disso.
Os sonhos não são destruídos.
Não importa o quanto esteja quebrado.
A dor não é eterna afinal.
Ninguém, nunca soube aonde estava indo.
Levantar as velas.
Mirar no horizonte.
È verdade, eu não sei pra onde ir.
Mas vou continuar andando até descobrir.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

domingo, 2 de maio de 2010

Insomnia Sessions


A vida não está vazia.
Escreva durante a noite.
Ok, você perdeu algo daquele brilho nos olhos, mas e daí?
Os olhos de quem chora brilham, isso não é grande coisa.
Perceba agora que tudo o que sempre te fez falta era apenas uma ilusão.
Ilusões você já teve. ja não te faz falta.
Jogue fora seu relógio e quime sua agenda.
Cumpra suas promessas ou descumpra se quiser.
Você tem o direito de jurar em falso.
Não assuma a culpa dos outros.
Você tem coisas importantes para fazer, e coisas importantes que não devem ser feitas.
Assuma o seu silêncio.
Você ainda não chegou ao fundo do poço, mas tem grande potencial.

3.13 - ...

sábado, 17 de abril de 2010

Melhor Juntos



Não há uma combinação de palavras que eu poderia por no verso de um cartão postal
E nenhuma música que eu poderia cantar, mas eu posso tentar pelo seu coração
E nossos sonhos, e eles são feitos de coisas reais
Como uma caixa de sapatos com adoráveis fotos em sépia
O amor é a resposta ao menos para maioria das perguntas no meu coração
Como por que estamos aqui? E aonde nós vamos? E por que é tão difícil?
Nem sempre é fácil e às vezes a vida pode ser decepcionante.
Vou te dizer uma coisa, é sempre melhor quando estamos juntos.

Hum... É sempre melhor quando estamos juntos
Olharemos para as estrelas quando estivermos juntos
É sempre melhor quando estamos juntos
É sempre melhor quando estamos juntos

E todos estes momentos podem achar seu caminho para meus sonhos esta noite
Mas eu sei que eles irão embora quando a luz da manhã cantar
Ou trazer novas coisas para amanhã à noite você ver
Que eles também terão ido, tantas coisas que tenho para fazer
Mas se todos estes sonhos puderem achar seu caminho para a luz do dia em meu dia
Eu terei a impressão de que eu estive entre eles
Com somente dois, só eu e você, sem muitas coisas à fazer
Ou lugares que tenhamos que ir, agora nos sentaremos sob uma mangueira

É sempre melhor quando nós estamos juntos
Nós estamos juntos em algum lugar
Bem, é sempre melhor quando estamos juntos
É sempre melhor quando estamos juntos

Eu acredito em memórias, elas parecem tão bonitas quando eu durmo
E quando eu acordo você parece tão bonita dormindo perto de mim
Mas não há tempo o suficiente
E não há nenhuma música que eu poderia cantar
E não há uma combinação de palavras que eu poderia dizer
Mas eu ainda vou te falar uma coisa
Somos melhores juntos.

Depois de tanto tempo,
Depois de tantas lágrimas,
Depois de tanta dor,
Depois de todas as brigas,
Eu tenho a mesma certeza de um 6 de fevereiro.
A mesma mão suada,
O mesmo brilho nos olhos,
O mesmo medo que alguma coisa deixe de ser perfeita nessa hora.

Anata ga wagamama demo aishiteru..yama.. yama...
21.28 Jack Johnson - If I Could

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Feeling


I don't know what I'm doing now.
Writing in a bad English.
Trying to draw it out of my head.
Trying to keep my heart bleeding through those wounds.
I wonder to know why.
I'd love to know what.
But this portrait is the happiness in a box.
And I can see this history passing by.
Without a nod.
Without a kiss.
Without a vow.
Loveless, hopeless, dreamless,
Less and less and less.
The lack of a smile will be my gift now.

21.53 - Portishead - Tird

sexta-feira, 26 de março de 2010

Vamos ver o que acontece.

Tenho a sensação de estar jogando palavras ao vento.
Para ter a certeza disso, farei um teste.
Ficarei sem postar nada até ter no minimo 3 comentarios neste post.
Não importa o tempo que isso seja necessario.
Foi um prazer escrever.
Até mais.

22.28 - um post honesto sem trilha sonora nem ilustrações

terça-feira, 23 de março de 2010

Comunicação...


Muito a dizer.
Ninguém a me ouvir.
O silencio é uma opção justa.
Escrever em um blog não serve de muita coisa.
Afinal, alguém lê?
E se alguem lê, será que se importa.
Eu não me importo com muitas coisas.
Algumas são importantes apenas a mim.
Não tenho porque engolir um sentimento.
Eu levanto a cabeça e grito, foda-se.
O infarto que aperta meu peito e seca minha boca,
Não me impedem de gritar mais uma vez.
Não me preocupa a sua boa moral e pureza hipócrita .
Deixe-me com minhas doenças sociais.
Eu cuido pouco da minha própria vida.
E isso me basta.
E faço minhas as palavras de Cid Moreira:
"Boa Noite"

23.00 - Confronto - Infanto

terça-feira, 16 de março de 2010


De tanto leva frechada do teu olhar
Meu peito até parece sabe o quê?
Táubua de tiro ao Álvaro
Não tem mais onde furá

Teu olhar mata mais do que bala de carabina
Que veneno estriquinina
Que peixeira de baiano
Teu olhar mata mais que atropelamento de automóver
Mata mais que bala de revórver

sexta-feira, 12 de março de 2010

Meu Emprego


Essa é a minha vida.
Não me reconhece?
Eu sou o de roupa cinzenta.
Eu trabalho bastante.
Nem sempre o elefante fica feliz com o meu trabalho.
Mas eu dou o meu melhor.
De vez em quando, acontece alguma merda.
Daí não tem jeito, vem tudo pra cima de mim.
Algumas pessoas ja me disseram:" mas olha aonde você foi se enfiar..."
Reconheço que é um trabalho meio pesado.
Trabalhar com a cabeça, e fazer um trablho braçal ao mesmo tempo, desgasta.
As vezes eu vou pra casa fedendo de tanto trabalhar.
Meu salario não é alto, mas me mantém com esperanças de algum dia poder ter algo para mim e minha familia...

Quem me conhece sabe do que estou falando...

19.39 Saddest day - Love me like him and i will hate you like me.

terça-feira, 9 de março de 2010


Sigo palavras e busco estrelas
O que é que o mundo fez
Pra você rir assim
Pra não tocá-la, melhor nem vê-la
Como é que você pôde se perder de mim
Faz tanto frio, faz tanto tempo
Que no meu mundo algo se perdeu
Te mando beijos
Em outdoors pela avenida
E você sempre tão distraída
Passa e não vê, e não vê

Fico acordado noites inteiras
Os dias parecem não ter mais fim
E a esfinge da espera
Olhos de pedra sem pena de mim
Faz tanto frio, faz tanto tempo
Que no meu mundo algo se perdeu
Te mando beijos
Em outdoors pela avenida
Você sempre tão distraída
Passa e não vê, e não vê

Já não consigo não pensar em você
Já não consigo não pensar em você


Já não sei mais o que é estrela e o que é lua.
Acho que os dois se transformaram no raio de sol que ilumina o mundo e faz dele um lugar onde quero estar.

22.52 - Drão

quarta-feira, 3 de março de 2010

Go, esse sol é pra você!!

A lua que faz brilhar o teu olhar
Meu amor, eu fico aqui tentando encontrar
A amplitude dos sonhos
A história dos mundos
Me foge o pensamento
Na charada do tempo

A lua que faz brilhar o teu olhar
Meu amor, fico daqui tentando imaginar
Uma história, dois mundos
Lapidando no tempo
Tuas formas no vento

Vem pra cá
Ver o trem
Passageiro
Vai chegando lento
Na rosa dos ventos

Leste, Oeste, pro Norte eu vou levando
Vou jogando o som no ar
Esperando o amor chegar
Na minha vida

Leste, Oeste, pro Sul eu vou cantando
Vou jogando o som no ar
Esperando o amor chegar
Na minha vida

Ver o trem
Passageiro
Vai chegando lento
Na rosa dos ventos

Ver o trem
Passageiro
Vai chegando lento
A avisar, a anunciar
O amor


Quem disse que é fácil estarmos juntos?
Mas, mais difícil ainda, é estar longe...

Mas, enquanto ainda raiar o sol, terei a certeza de que
mesmo tantas brigar, ainda vai existir o amor!!!



Desculpa pela invasão... rs



terça-feira, 2 de março de 2010

Este é o lugar.

É aqui.
Aonde eu escrevo meus pensamentos.
Aqui nessa pagina empoeirada.
E sem o calor de uma visita.
Onde eu rasgo meu coração e sangro palavras vazias.
Onde eu escrevo palavras que jamais serão lidas.
É aqui que eu perco a esperança.
Aqui eu fecho os meus olhos e tudo fica perfeito.
Em meu paraiso, minhas lagrimas regam as flores da ternura.
Aqui me desligo do mundo
Aqui eu sou feliz.

21.34 - Só queria dormir...e acordar outra pessoa, em outro lugar em outro mundo

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Dificil?


Eu gostaria de escrever só coisas alegres.
Mas é dificil fazer isso.
Ainda mais para mim, aprendi a escrever só emoções.
O que eu escrevo não deve fazer sentido a muita gente.
Confesso que, muitas vezes, nem a mim faz.
Mas se não consigo manter uma linha razoavelmente coerente nas minhas escritas, é porque os meus sentimentos também não conseguem.
Alguns dias, a vontade é de não estar vivo.
Sinto-me confuso, patético, vulneravel, tolo e acredito estar certo.
Estou doente.
Quem sabe isso não é um bom sinal.
...E tudo se repetirá.

19.35 - Pati Yang

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

E o placebo me faz tão bem


Inspira descrença.
Um sopro e a confiança volta.
A fé lhe diz: não desista do sonoho
Enquanto cospe o desanimo em seus olhos.
Os pés estão acorrentados ao seu balão de oxigênio.
Se você sangra, você está vivo.
O pessimismo não é, também, uma perspectiva de futuro?
No deserto, nos alimentamos de sombras.
Os seus pulmões já não aguentam um noovo grito por socorro.
E, enquanto aguardamos o ultimo contato,
Os nossos tesouros perdem o valor.

19.55 - o dialogo frustrado de quem não sabe o que dizer

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Carnaval...

E chegou o carnaval.
A época do ano que me deixa tão animado quanto um funeral.
E nessa época que os motoboys se sentem galãs de novela e sai agarranodo a mulherada.
Hoje foi dia de desfile no Rio de Janeiro.
Nada de Tela Quente.
O que foi bom.
Pulp Fiction no DVD sempre me faz bem.
Me sinto sem sono agora.
Culpa da congestão nasal, da febre e de minhas preocupações.
Uma sobrinha internada me tira o animo (ela só tem dois meses e ja tá a 5 dias no hospital).
Bom, pelo menos os medicos disseram que ela vai ficar bem logo.
Também não trabalho amanhã.
E o jogo termina 1x1

01.56 - Caliban - Say Hello to Tragedy

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Ainda bem que ninguem lê....


Recentemente recebi alugmas reclamações sobre meu blog.
Algumas disseram que o nivel das postagens caiu muito.
Outras, disseram que parecia blog de um emo.
Teve uma pessoa que reclamou que eu não escrevia coisas positivas.
Enfim, de uma forma ou de outra, acho que essas pessoas não visitam mais esta pagina, o que torna este blog um espaço totalmente meu.
Meu para opinar sobre o que eu penso, ou desabafar sobre o que pensam de mim.
Tenho estado numa luta constante para manter a fé e a cabeça erguida.
Mas por mais que eu lute para manter a cabeça fora d'agua, algo me empurra pra baixo.
E não importa o que eu faça, ou o que eu diga, isso será visto do angulo que der a pior visão possivel e eu serei mais uma vez crucificado.
Sinceramente, não sei mais o que esperar, pois não sei o que esperam de mim.
Se atravessar o oceano a nado é dificil pra você, não pense que é facil pra mim.
Tenho sido caluniado, humilhado, desprezado, cobrado, ofendido de muitas formas (e em cidades diferentes).
Mas a vida é feita de escolhas.
E se eu escolhi passar por isso por um objetivo maior, eu tenho a obrigação de passar por isso calado.
E com um sorriso no rosto.

22.01 Mörser num volume pra deixar surdo, preparando pra ir dormir sem boa noite.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Na verdade nem iria postar..


Estou fazendo o ultimo trabalho, pelo emprego anterior.
Está sendo bem cansativo..
Ficar até a meia noite explicando um programa não é minha diversão preferida.
O lado bom é que esse será o ultimo.
O proximo parece ser bem promissor.
Vejo algumas possibilidades.
O lado ruim é acordar como se um furacão tivesse levado tudo enquanto dormia.
Não sei o que aconteceu, não sei o que eu fiz.
Mas me senti um pouco ignorado após ligar 17 vezes para um numero que só chama.
Ossos do oficio.
Pizza e mais trabalho.
E mais encrencas enquanto tento dar um rumo à minha vida.

19.48 - Postando de um hotel em Anápolis, GO ouvindo At the Drive in.. preparando mais uma lição..

domingo, 3 de janeiro de 2010

Positivo!!


Aqui o sol não brilha.
Mas tenho meu proprio raio de sol.
Estou feliz por encontrar um caminho no meio da multidão.
Todo o medo se vai.
E agora só uma coisa me importa.
Estamos juntos nessa corrida.
E chegaremos juntos ao final dela.
O que é importante para mim
É o que é importante para você.
Agora é a hora de "perder o juizo e fugir comigo".

18.17 - Procurando ap..